April 10 2015

Roberta Clarissa Leite

Como não gastar mais do que se ganha

Com a vasta oferta de produtos no mercado, apresentada no dia a dia pela mídia em diferentes tipos de anúncios, é comum o desejo de compra mesmo em relação a itens não necessários. Esse é um dos motivos mais constantes para levar uma pessoa a contrair dívidas, ou seja, a compulsão pela compra leva ao gasto excessivo ao invés de poupar.

O gasto excessivo pode ser o começo de um grande problema, o desejo desenfreado de consumo leva muitas pessoas a gastar mais do que tem e comprar mais do que precisa.

Para livrar do caminho do endividamento somente através de um bom planejamento financeiro, o que significa saber controlar os impulsos que colocam as pessoas à beira dos gastos exorbitantes.

Consuma com responsabilidade

Um pouco de organização pode fazer diferença, um bom exemplo é preparar um planilha demonstrativa de cada item das despesas, desta maneira você pode avaliar a real necessidade de gasto. No caso da planilha mostrar que seus gastos são maiores que sua renda, a saída é mudar seu padrão de vida, claro que também é possível trabalhar mais para ganhar mais, no caso de não ser possível ou não ter essa vontade, a solução é a mudança.

Solicite seu empréstimo agora, preencha nosso formulário de cotação, clique aqui.

A man doing his taxes using a calculator and pencil on a white backgroundÀs vezes vale mais a pena ganhar menos e gastar menos, do que trabalhar mais para somente pagar dívidas. Se você trabalha mais para pagar juros ou nunca paga a fatura do cartão na data certa, vai acabar trabalhando mais para pagar juros, não é isso que você quer.

O melhor é você conseguir uma sobra de 20% do resultado de sua despesa e de sua renda. Uma boa iniciativa é investir na poupança. Recentemente pesquisas demonstraram que 39% dos brasileiros não têm preocupação em poupar e que 32% afirmaram não fazer investimentos.

Esses números revelam que dificilmente essa parte da população chegará a uma independência financeira. Reclamar que não consegue poupar não adianta, a única forma é encarar a realidade e partir para o desafio de economizar.

Solicite seu empréstimo agora, preencha nosso formulário de cotação, clique aqui.

Se você quer realizar sonhos de consumo, deve-se primeiramente poupar ou fazer um investimento de renda fixa. Ao vencer a zona de conforto e colocar no dia a dia o hábito de economizar, será mais fácil poupar e não representará um sacrifício em sua vida. Isso deve partir de você mesmo, como um objetivo a alcançar.

Não espere um aumento de salário que não chega, ou melhorias irreais. Não é importante o quanto se consegue guardar por mês, porém começar a gastar menos, esse é seu compromisso!

Faça anotações de suas despesas diariamente!

Mesmo parecendo que tudo já foi dito, o começo é sempre o mesmo. Você pode escolher diferentes formas, planilhas escritas, eletrônicas, pode variar não importa. O mais importante é a disciplina em manter essas anotações e controlar os gastos.

Faça de maneira mais prática para você mesmo, nada complicado. Ao comprar com cartão, os comprovantes servem para ajudá-lo também a controlar os gastos e pagamentos, você anota a data, valor e o que foi a despesa.

Após um mês mantendo essa prática de planilhas e anotações, você está apto a fazer a primeira avaliação, está gastando mais do que o salário? Veja quais compras podiam ser adiadas, o que poderia ter sido cortado e o que foi comprado por impulso.

Através desse controle estabeleça os gastos fixos: saúde, educação, moradia, alimentação e transporte; gastos esporádicos: lazer, roupas, calçados, cosméticos, etc. Você vai saber estabelecer prioridades para cortar gastos. A partir daí você começa a economizar 10% até 20% do total e perceberá que venceu um desafio.

A prática de poupar traz uma enorme satisfação no final, aliás você venceu um desafio. Porém, cuidado com a privação para não levar à depressão. Permita-se, com consciência, comprar sempre algo que você gosta, para que o dinheiro também traga bem-estar, entretanto sem a angústia da ter dívidas.

Artigos relacionados:

Sobre o autor: Roberta Clarissa Leite

Roberta Clarissa Leite é jornalista e radialista, com 10 anos de experiência em radiofonia, é pesquisadora de literatura popular do nordeste brasileiro. Lançou em 2010 o documentário Nordeste que Rima, premiado pelo Ministério da Cultura do Brasil. Uma de suas paixões é viajar e compartilhar suas experiências com o público, além de estar sempre interessada em aprender novas línguas.

Gostou do nosso artigo? Que tal aproveitar e realizar uma simulação de empréstimo e receber excelentes propostas através dos parceiros do site Emprestimo.org
Clique Aqui!

Muitos leitores realizaram a simulação de um Empréstimo através de nosso site!

De quanto dinheiro você precisa?


Discussão

Sem comentários. Seja o primeiro a responder!

Postar um comentário