August 6 2012

Regina Di Ciommo

Consiga dinheiro extra sem empréstimo: é possível com a venda do que você não usa mais!

A venda de sucata ou bazar pode ser uma das soluções para você ganhar dinheiro extra. Se estiver precisando pagar alguma dívida e não deseja fazer empréstimos, esta pode ser uma boa saída. Livre-se de coisas acumuladas, inúteis, guardadas porque “alguém deu” ou porque “um dia quem sabe” você vai usar. Abra espaço para novas experiências entrarem na sua vida!

Apesar de não ser muito comum no Brasil, o bazar no quintal ou na garagem é muito conhecido nos Estados Unidos, onde é chamado de “garage sale”.

A venda de garagem é um evento informal onde se vende bens usados, por particulares, que podem ser permitidas sem que os vendedores estejam sujeitos a ter uma licença ou pagar impostos sobre as vendas. Os produtos às vezes são novos, ou como novos ou apenas utilizáveis. Alguns são colocados à venda porque o dono não os usa mais e quer diminuir a quantidade de coisas que tem em casa. Mas muitas vezes a venda é feita porque os proprietários precisam de dinheiro, seja para uma necessidade específica ou mesmo para ganhar um “dinheiro extra”.

Solicite seu empréstimo agora, preencha nosso formulário de cotação, clique aqui.

É possível anunciar a venda em folhetos, jornaizinhos locais, Facebook, Twitter, cartazes, etc. O local pode ser uma garagem, um quintal, um jardim, uma varanda ou até no interior da casa. Não importa o que você queria vender, sempre pode haver alguém interessado em comprar. As sucatas podem incluir roupas velhas, livros, brinquedos, adornos domésticos, ferramentas, equipamentos esportivos e jogos. Até mesmo móveis e eletrodomésticos podem também ser vendidos.

Preencha o formulário abaixo! Nossa equipe vai pesquisar para você as melhores opções de empréstimo do mercado, através de bancos e empresas financeiras parceiras!

Serviço Inteiramente Grátis!

R$ Solicitar

Se você gosta da ideia e tem condições de fazer a venda em sua garagem ou jardim, pode escolher um final de semana com tempo bom, marcando antecipadamente o dia e o horário da venda. Se morar em um apartamento e tiver restrições de segurança do edifício quanto à entrada de visitantes, procure um amigo que possa ceder o espaço da garagem ou do quintal.

Nas vendas de garagem costumam aparecer os madrugadores, que chegam cedo para escolher as melhores peças, com o objetivo de revenda. Muita gente também aparece para conferir se há alguma peça interessante, antiga ou rara. A maioria dos compradores vai pechinchar por um preço menor, isso é rotina. Cada produto pode ter uma etiqueta com o valor ou isso ser negociado na hora.

O anúncio para uma venda de sucata como essa pode ser confeccionado de papelão e colocado num local público. Quem passa e se interessa vai tomar nota do horário e do local onde a venda vai ser realizada. Os anúncios podem ser feitos com ilustrações, frases e tudo que pode chamar a atenção. É interessante colocar um mapa de direção ou uma seta indicando o local.

Quando existe uma associação de bairro ou clube esportivo, um evento como o bazar pode ter um significado especial e reunir amigos e famílias. Assim, os compradores têm um momento de lazer e até divertido e ao mesmo tempo os vendedores conseguem ganhar dinheiro e abrir espaço nas suas casas para coisas novas.

Solicite seu empréstimo agora, preencha nosso formulário de cotação, clique aqui.

Como você vê, existem formas criativas de levantar dinheiro sem fazer um empréstimo. Vender o que você não usa pode ajudar a pagar uma dívida e evitar que você faça um novo débito.

Artigos relacionados:

Sobre o autor: Regina Di Ciommo

Mestrado e Doutorado em Sociologia pela UNESP – Universidade Estadual Paulista, pós-doutorado em Recursos Naturais com especialização em Ecologia Humana. Pesquisadora da Universidade Estadual da Bahia, em Ilhéus, é professora de cursos de pós-graduação. Autora e coordenadora de projetos de desenvolvimento local e sustentabilidade, nos estados de São Paulo e Bahia.


Discussão

Sem comentários. Seja o primeiro a responder!

Postar um comentário