Crédito – como livrar-se da inadimplência e manter as contas em dia?

Atualizado em 13/10/2014
Publicado em 18/01/2012
Autor: Regina Di Ciommo

Organizar as contas pessoais é um desafio na vida de muita gente. E quando o nome vai parar no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), a situação fica muito pior. Às vezes por causa de um único cheque você não poderá mais usar seu talão e terá que pagar todas as suas contas com dinheiro.

Muita gente passa por esse constrangimento e fica perdida até descobrir como sair desse aperto. E a saída é encontrar o caminho para ter novamente acesso ao crédito.

O comércio utiliza de todas as estratégias para tentar os consumidores. A armadilha dos longos parcelamentos, por exemplo, é muito sedutora, e o consumidor atraído acaba por tomar uma decisão apressada e nada racional. O cartão de crédito também facilita a vida, por não precisarmos carregar dinheiro no bolso. E muitas vezes acabamos por comprar a crédito com o cartão, pela facilidade que encontramos em usar. O resultado vem ao final do mês, quando é impossível pagar todos os compromissos.

A única solução é tentar renegociar a dívida, com a ampliação do crédito e passar a supervisionar o próprio orçamento, para cortar os gastos supérfluos. Apesar de todas as tentações, muita gente consegue equilibrar suas contas com o décimo terceiro salário, a restituição do imposto de renda e o pagamento das férias.

Resolver as questões com o cadastro dos inadimplentes do SPC é um objetivo que deve ser prioritário, para que se volte a ficar em dia com o crédito imediatamente. A maioria dos bancos e financiadoras aceita negociar a dívida, diminuindo a taxa de juros e aumentando o prazo de pagamento.

E o mais importante, para manter sempre o crédito na praça, é organizar o orçamento doméstico. Muitas universidades federais e a Fundação Getúlio Vargas estão oferecendo cursos de economia doméstica, para ensinar a planejar os gastos familiares. Até novas formas de geração de renda podem ser encontradas, e novas maneiras de aplicar o dinheiro. Em vez de ansiedade com as contas a pagar, que tal conseguir que a balança saia do vermelho e penda para o lado do crédito?
Se você tem utiliza o computador, pode montar uma planilha do Excel para colocar os dados e comparar receita com despesa. Até mesmo só com lápis e papel se pode fazer uma previsão de gastos e descobrir onde se pode fazer economia.

5 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Prestamos um serviço completamente gratuito para você
NUNCA faça qualquer tipo de depósito para conseguir seu empréstimo. Ficou com dúvida?
Leia nossos artigos para fazer um empréstimo seguro!