Como calcular os juros de um empréstimo

Atualizado em 30/06/2018
Publicado em 15/06/2018
Autor: Jeniffer Elaina da Silva

Você já se perguntou como calcular os juros de um empréstimo? Se já obteve crédito no mercado, provavelmente sim. Afinal, seria interessante saber quanto você terá que pagar a mais numa transação, antes mesmo de acordá-la.

Os juros de uma operação financeira consideram uma série de fatores. Como o número de parcelas para pagamento do crédito: geralmente, quanto maior o tempo para quitação, maior a taxa de encargos.

Outro ponto analisado é o tipo de empréstimo oferecido. Empréstimos consignados costumam ser os com as menores tarifas do mercado. Isso porque o crédito funciona por meio do desconto compulsório das parcelas de pagamento, diretamente da folha de pagamento do consumidor. Com maior certeza de recebimento, o banco cobra encargos mais baixos.

O valor do empréstimo, sua renda e condição de trabalho no mercado são igualmente analisados. Quem possui dívidas em aberto ou o “nome sujo”, por exemplo, podem muitas vezes conseguir empréstimo. No entanto, os juros provavelmente serão maiores, porque haverá insegurança por parte da financeira.

Como calcular os juros de um empréstimo

Calcular os juros de um empréstimo

De qualquer modo, é possível calcular os juros de um empréstimo por meio de uma ferramenta: a Calculadora do Cidadão. Disponibilizada pelo Banco Central do Brasil, a opção pode ser acessada pelo site da ferramenta.

Para utilizar a calculadora, o consumidor precisa fornecer algumas informações básicas. Como o número de meses previstos para pagamento das parcelas. Tal qual o valor da prestação e o valor financiado. Deixando o campo “Taxa de juros mensal” da calculadora em branco, a ferramenta vai calcular a porcentagem da operação.

É importante destacar que a Calculadora do Cidadão só é capaz de calcular empréstimos com prestações fixas. Outros, com parcelas progressivas, não são abrangidos pela opção.

Além do cálculo do juros, o consumidor também pode descobrir o número de prestações e o custo das parcelas. Para ambos os casos, é necessário já conhecer a taxa de juros a ser aplicada, e preencher o campo referente a ela. Já o campo referente ao valor a ser calculado deve ser deixado em branco.

Taxas de juros no Brasil

Para que você tenha maior noção das taxas de juros de um empréstimo, listamos as dos principais bancos do país a seguir. Os encargos dizem respeito ao empréstimo pessoal.

O Banco Safra, por exemplo, tem taxa média de juros de 1,45% ao mês. Já o Banco do Brasil tem taxa de 4,19%, e a Caixa Econômica Federal de 4,87%. Há também o Banco Itaú, com taxa de 4,90%, o Banco Santander, de 4,93%, e o Banco Bradesco, com 5,82% de juros ao mês.

Agora que você sabe como calcular os juros de um empréstimo, tenha atenção na hora de obter crédito! Com uma base em mente, você saberá se está realizando bom negócio ou não.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Prestamos um serviço completamente gratuito para você
NUNCA faça qualquer tipo de depósito para conseguir seu empréstimo. Ficou com dúvida?
Leia nossos artigos para fazer um empréstimo seguro!