Como pequenas e médias empresas devem renegociar empréstimos para o 13º

Atualizado em 27/01/2016
Publicado em 09/12/2014
Autor: Jeniffer Elaina da Silva

Como pequenas e médias empresas devem renegociar empréstimos para o 13ºPode acontecer de muitas vezes as pequenas e médias empresas não terem tido o retorno esperado durante o ano e quando chega a hora de pagar o 13º dos funcionários a situação pode apertar.

Conforme pesquisa da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP), 29% das empresas recorreram a algum crédito bancário para pagar o 13º. Diante disso, Sabrina Gallier, vice-presidente de marketing do Nibo, afirma que é preciso ter organização para não entrar em dívidas e nem fazer renegociações que deixarão o caixa da empresa muito apertado.

Veja então algumas dicas da consultora para que sua empresa faça a melhor renegociação de empréstimos para pagar o 13º:

1 – Analise a situação antes

Não tem como chegar no seu banco e falar que quer renegociar alguma dúvida se ainda nem viu quanto tem para pagar, quanto vai precisar e como poderá quitar tudo isso. Tenha uma proposta em mente, já tendo como base o valor que deve e como irá quitar o restante.

2 – Tente ir ao banco pessoalmente

Mesmo que muita coisa seja facilitada com comunicação através de mensagens, celulares, e-mails, chats, etc., o memento de renegociar uma dívida é importante e estar de frente com seu gerente vai ajudar a fluir muito mais as coisas, além de que poderá entender melhor a negociação.

Não sendo possível, envie uma pessoa de confiança, mas se nem isso puder fazer e o prazo estiver muito curto, prefira usar o e-mail para deixar registrada toda a negociação. Antes de enviar o e-mail, ligue para o gerente e avise que estará enviando esta proposta para que ele possa responder rapidamente e darem seguimento à negociação.

3 – Negocie os juros

Você pode pedir uma redução de juros em seu empréstimo, ainda mais se já for um cliente antigo que sempre pagou tudo em dia. Lembre-se de que é possível até mesmo optar por mudar sua dívida de banco quando os juros forem maiores que em outra instituição, então insista em uma boa negociação com o gerente.

4 – Quite as demais dívidas, se possível

Antes de fazer um novo empréstimo, veja a possibilidade de quitar as dívidas antigas com um bom desconto à vista para que não se acumulem parcelas altas para a empresa pagar, pois com o começo do ano já surgirão novas contas e é preciso ficar atento.

Com pequenas dicas você pode renegociar seu empréstimo e pagar o 13º em dia para todos sem contrair grandes dívidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Prestamos um serviço completamente gratuito para você
NUNCA faça qualquer tipo de depósito para conseguir seu empréstimo. Ficou com dúvida?
Leia nossos artigos para fazer um empréstimo seguro!