Cuidados para não cair em um golpe bancário


Publicado em 15/07/2018
Autor: Jeniffer Elaina da Silva

Você provavelmente conhece alguém que já sofreu um golpe bancário. Ou talvez já tenha sofrido um. Esse tipo de ardil é bastante comum, e ocorre das mais variadas formas.

Para não cair em nenhum golpe bancário, é preciso sempre estar atento. Especialmente no caso das fraudes aplicadas por meio do uso do smartphone. Acompanhe o texto e veja algumas dicas de como se proteger dos golpes!

Cuidados para não cair em um golpe bancário

1. Confirme o boleto antes de quitá-lo

Situações em que você recebe um boleto de pagamento pelo e-mail, ou em casa, são comuns. Afinal, se você deve, provavelmente está aguardando o código de barras para quitar a dívida. Antes de quitar o boleto, no entanto, é fundamental confirmar se ele é o correto.

2. Cuidado com a clonagem do seu cartão

Ao utilizar seu cartão de crédito, tenha atenção ao seu redor. Evite que as pessoas vejam sua senha, e que o atendente do caixa fique muito tempo em posse do seu dispositivo. Isso dificulta a possibilidade de clonagem.

3. Não clique em links suspeitos

Pode ser por e-mail ou SMS: se você receber uma mensagem com link, não o acesse. Seu banco dificilmente irá te enviar mensagens do tipo. Os links podem, primeiro, tornar a segurança do seu celular mais fraca. Casos os dados solicitados neles sejam preenchidos, o problema será ainda maior.

Assim, caso você receba mensagens como “acesse o site ou sua conta será bloqueada”, ignore-a e entre em contato com a financeira pelos contatos oficiais. Assim, caso realmente haja um problema, você poderá findá-lo com segurança.

4. Não informe dados pessoais

Nem pela internet, ou SMS, ou ligação telefônica. Nunca informe dados pessoais a terceiros. Sejam elas seu nome, CPF ou número da conta. Também é comum solicitarem suas senhas ou tokens, mas atenção: seu banco nunca fará algo do tipo. Qualquer informação para acesso à sua conta deve ser apenas do seu conhecimento.

5. Evite o acesso por internet pública

Quando você acessa sua conta bancária por Wi-Fi público, facilita o acesso de hackers às suas informações. Por isso, prefira o Wi-Fi de casa, ou o uso dos seus dados móveis.

Sofri um golpe bancário. O que faço?

Ao notar que sofreu um golpe bancário, o consumidor precisa agir. Primeiro, você precisa realizar Boletim de Ocorrência. Para isso, você pode comparecer à delegacia, ou fazer uma solicitação online. A Polícia Militar de Minas Gerais, por exemplo, oferece a opção virtual.

Em seguida, você deve entrar em contato com o banco e informar o ocorrido. Juntos, vocês tentarão resolver o problema. Depois, se necessário, é importante procurar um advogado, que poderá indicar o melhor modo jurídico de resolver a questão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Prestamos um serviço completamente gratuito para você
NUNCA faça qualquer tipo de depósito para conseguir seu empréstimo. Ficou com dúvida?
Leia nossos artigos para fazer um empréstimo seguro!