Vale a pena tirar um empréstimo para investir?

Data de publicação: 14/11/2014.
Autor: Roberta Clarissa Leite

poupanca-investimento-5É compreensível que muitas pessoas procurem meios de fazer o dinheiro render ou de começar o próprio negócio. Geralmente o primeiro passo sempre parece difícil por não ter o dinheiro suficiente para começar. Uma das opções é a tirada de um empréstimo para dar início ao próprio negócio. Vale a pena?

Depende de cada caso. É relevante considerar se o retorno do investimento será superior aos juros do empréstimo. Nesta circunstância muitos detalhes entram em jogo, a quantia e em quanto tempo você quitará o valor emprestado. É importante procurar analisar o custo efetivo total do empréstimo. Essa comparação serve para gerar um parâmetro entre os valores.

Onde será investido o seu dinheiro?

Outro ponto a ser analisado é qual será seu investimento, se for a abertura de um negócio, qual o conhecimento de mercado e como você está preparado para a competição, porque não é só ter o capital de giro, mas estar apto a enfrentar as exigências em questão. Por isso, para tomar esta decisão você deve estar preparado e deve ter avaliado o campo do mercado por um tempo, a fim de entender todos os detalhes do negócio.

Tomando um lado mais positivo, é cabível de afirmar que vale a pena porque finalizando o pagamento do empréstimo o negócio estará em andamento e, se for uma área bem desenvolvida e bem administrada, e claro, tendo em vista os diversos fatores ligados ao campo do investimento, o lucro chegará mais cedo ou mais tarde.

Um bom exemplo é a abertura de uma franquia, há quem acredite que quem não quer abrir seu próprio negócio independente, a franquia assume um papel exemplar.

Atualmente é possível pedir um empréstimo a instituições públicas e também privadas com mais facilidade. Muitas têm programas específicos de empréstimo para abertura de franquia. Entretanto, é necessário muito cuidado na hora de fazer a contratação de crédito. As taxas de juros para as linhas de crédito para o indivíduo abrir um microempreendimento franqueado são de longo prazo a partir de 0,5% ao mês no mercado de crédito para empresas, por exemplo. Um detalhe é que algumas instituições bancárias exigem que o franqueador esteja conveniado ao programa antes da liberação do empréstimo para o franqueado.

Conclusão

A retirada de um empréstimo para investir pode ser um passo positivo quando bem analisado e colocado na ponta da caneta as taxas de juros e o retorno previsto do negócio. Há até possibilidade de fazer amortizações e reduzir o prazo de pagamento do valor emprestado. Não deixa de ser um possibilidade palpável, porém deve-se ficar atento aos riscos.

Artigos relacionados:



1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Prestamos um serviço completamente gratuito para você
NUNCA faça qualquer tipo de depósito para conseguir seu empréstimo. Ficou com dúvida?
Leia nossos artigos para fazer um empréstimo seguro!