May 4 2011

Guilherme da Luz

Finanças pessoais: alguns passos importantes que você precisa entender para planejar, organizar e gastar o seu dinheiro

Financas-PessoaisÉ quase fim do mês e você já está desesperado. O salário só vai aparecer na sua conta na semana que vem e você não tem dinheiro para comprar pão ou pegar o ônibus para o trabalho. E agora? Alguma coisa está errada.

Gastos de última hora? Comprou aquelas roupas imperdíveis em liquidação na loja? Preferiu o restaurante mais caro da cidade para levar a namorada? Ou decidiu tirar aquelas férias merecidas em uma praia famosa?

Entre muitas desculpas para gastar o seu salário ou outros problemas pessoais que você passou ao fim deste mês, não se desespere: Você não está sozinho!
Há muita gente na mesma situação que você, se arrastando mês a mês e passando sufoco até o último minuto, onde você finalmente recebe o salário e tem, finalmente, alguns dias a mais para respirar. Mas infelizmente a situação se repete no mês seguinte como se fosse uma gangorra, e você não sabe mais o que fazer.

Isto ocorre porque algumas pessoas tem dificuldades em organizar o seu orçamento mensal porque não aceitam a realidade e acabam tendo outras prioridades ao invés de se organizar primeiramente com as despesas essenciais do dia-a-dia.

Para que isso não aconteça, organize os seus gastos mensais e saiba exatamente onde investir o seu dinheiro e evitar que você esteja sempre no vermelho final do mês.

Dica de economia: Você possui um carro? Você pode fazer economia com os gastos do seu automóvel contratando um seguro auto, além de oferecer assistência gratuita, o seguro auto cobre boa parte dos problemas que você pode ter com seu carro. Não espere que seu carro dê problema e que você tenha que meter a mão no bolso estourando suas finanças, faça a cotação do seu seguro auto, evite surpresas e economize.

Primeiramente, crie o seu guia pessoal de finanças e coloque lado a lado todos os seus gastos do orçamento mensal. Assim que a sua lista estiver estabelecida você poderá modificar as suas prioridades mensais através da reorganização do seu orçamento. Lembre-se de colocar em primeiro lugar as suas necessidades básicas como moradia, alimentação e saúde.

Acompanhe abaixo um exemplo dos gastos mensais que você provavelmente têm todo o mês:

Moradia: Prestações, condomínio, seguro, eletricidade, água, manutenção, etc.
Alimentação: Comida, lanches fora de casa, cesta básica, etc.
Transportes: Combustíveis, passes de ônibus, seguro do carro, taxas, etc.
Formação: Educação, Material Escolar, Manuais, Livros, Faculdade, Curso de Inglês, etc.
Seguros: automóvel, saúde, viagem, vida, etc.
Vestuário: Roupa, calçados, limpeza, etc.
Diversão: Férias, passeios, atividades esportivas, festas noturnas, cinema, etc.
Despesas Pessoais: Cabeleireiro, salão de beleza, cosméticos, SPA, etc.
Poupança: Economias, Investimentos, etc.

Assim que esta lista estiver pronta defina o que são despesas essenciais e o que não são despesas essenciais. Ou se você preferir divida estas despesas anualmente por 12 meses. Desta maneira você terá uma melhor noção da quantia que será necessária guardar todos os meses para os pagamentos das despesas e também para que você possa investir o seu dinheiro com cautela.

Dica de economia: Contratando um plano de saúde você pode fazer economia com seus gastos em saúde, não espere a situação apertar, faça a cotação do seu plano de saúde e evite surpresas no seu orçamento.

O orçamento mensal varia de pessoa para pessoa e possui diferente características de acordo com cada estilo de vida. Porém, quando é aplicado eficientemente, o orçamento mensal permite uma visão ampla da sua saúde financeira e pode ajudar bastante para que você alcance seus objetivos a longo prazo.

Fazer um balanço dos seus gastos é muito importante para que você aprenda a controlar o dinheiro que você recebe mensalmente. O orçamento mensal pode ajudar a proteger o seu dinheiro e te trazer mais felicidades ao invés de desespero.

Agindo assim, no próximo mês você terá mais facilidades para controlar as suas despesas e não será necessário ter que ir a pé para o trabalho ou ter que pedir dinheiro emprestado ao vizinho. Você irá se sentir bem mais responsável e com a certeza que você está fazendo o melhor a cada dia para administrar o seu dinheiro.

Artigos relacionados:

 

Sobre o autor: Guilherme da Luz

Guilherme da Luz, redator e tradutor, nascido em Florianópolis. Formado em Comunicação Social pela Universidade do Sul de Santa Catarina, já trabalhou em várias agências de propaganda em Santa Catarina e como freelancer, em Londres. Traduziu e segmentou campanhas publicitárias para o Brasil para clientes como YouTube, Wella, Chevrolet, Volvo, Sotheby's e Benetton. Participou também da organização dos Festivais Cannes Lions e D&AD.

Muitos leitores realizaram a simulação de um Empréstimo através de nosso site!

De quanto dinheiro você precisa?


Discussão

Sem comentários. Seja o primeiro a responder!

Postar um comentário