Juros do cartão de crédito têm a maior taxa dos últimos anos

Atualizado em 14/05/2019
Publicado em 17/02/2016
Autor: Jeniffer Elaina da Silva

Juros do cartão de crédito tem a maior taxa dos últimos anosOs juros do cartão de crédito chegam a 411% ao ano, sendo a modalidade de crédito mais cara.

Uma pesquisa realizada pela Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac) apontou em janeiro, pelo 16º mês consecutivo, que o crédito ficou mais caro. Os juros não ficavam tão caros desde fevereiro de 2005, o que pode representar uma diminuição na utilização do crédito devido à dificuldade para pagamento.

A pesquisa considerou seis linhas de crédito mais utilizadas: cheque especial, CDC-bancos-financiamento de veículos, juros do comércio, cartão de crédito rotativo, empréstimo pessoal-bancos e empréstimo pessoal-financeiras. Desses, o considerado mais caro foi o cartão de crédito, com juros que chegam a 14,56% ao mês ou 410,97% ao ano, um aumento de 0,21% se comparado dezembro de 2015 e janeiro de 2016, sendo os maiores juros desde 1995. Para se ter uma ideia, a dívida de R$ 1.000,00 no cartão em 12 meses salta para R$ 5.109,71.

Com isso, as pessoas acabam recorrendo a outras linhas de crédito, porém todas elas apresentaram um aumento. O crediário de dezembro para janeiro subiu 0,10% e chegou a 5,6% ao mês ou 92,29% ao ano. Em Minas Gerais o aumento foi ainda maior e chega a 94,71% ao ano. Se comprar um eletrodoméstico de R$ 2.000,00 e financiar a uma taxa de 5,6%, em 12 meses o valor dele será de R$ 2,8 mi e, em 24 meses, de R$ 3, 6 mil.

Entenda como ficam os juros do cartão de crédito e outras formas de crédito

Se não tem outra alternativa e vai ser preciso fazer um empréstimo ou financiamento é preciso ficar atento as taxas de juros para não pagar tão cara por elas. Veja algumas delas em janeiro e sempre que possível opte pela mais barata:

  • Cartão de crédito – 14,56% ao mês ou 410,97% ao ano (maior desde 1995)
  • Comércio – 5,6% ao mês ou 92,29% ao ano (maior desde 2011)
  • Cheque especial -10,96% ao mês ou 248,39% ao ano (maior desde 1999)
  • Financiamento de automóvel (CDC) – 2,3% ao mês ou 31,37% ao ano (maior desde 2011)
  • Empréstimo pessoal – 8,14% ao mês ou 15,76% ao ano (maior desde 2012)

Com esse levantamento é possível verificar que os juros do cartão de crédito são os maiores do mercado e que, sempre que possível, ele deve ser evitado. Porém, com as altas taxas de todos eles nos últimos anos, a melhor opção continua sendo o pagamento à vista.

2 Comentários

  • Fábio says:

    Boa tarde,

    Enquanto os bancos cobram absurdo de juros, a poupança rende uma mixaria… Chega a parecer brincadeira…

    Até mais.

    • Sanaira Silveira says:

      Bom dia Fábio,

      Obrigada por comentar no emprestimo.org,
      Caso você tenha interesse em fazer uma cotação de empréstimo, entre na home-page do nosso site e preencha o formulário para que possamos entrar em contato com você.

      Estamos à disposição,
      Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Prestamos um serviço completamente gratuito para você
NUNCA faça qualquer tipo de depósito para conseguir seu empréstimo. Ficou com dúvida?
Leia nossos artigos para fazer um empréstimo seguro!